12 de dezembro de 2018
                 
     
                         
Lázaro Freire, Acid0 e Lobão na MTV: Daime é droga ou religião?
Psicanálise Transdisciplinar em SP com Lázaro Freire
Seja um colaborador ativo da Voadores!
Cursos e palestras da Voadores em sua cidade
Mensagem de Wagner Borges
Mais novidades

 
  

Colunas

>> Colunistas > Lázaro Freire

Reiki e bioenergias - Mecanismos da cura e iniciação
Publicado em: 06 de setembro de 2006, 17:48:09  -  Lido 4660 vez(es)



Os mecanismos bioenergéticos da iniciação Reiki

Por Lázaro Freire
Publicado originalmente na Lista Malkhut, em 2002

Enquanto vários "mestres" espalham equívocos e mitos sobre o Reiki - a maior parte deles por intenções dogmáticas ou comerciais - por outro lado muitos comentam sobre a sensação de mãos quentes na aplicação de Reiki. Embora eu já faça isso em meus cursos, uma desconstrução por escrito dos mecanismos envolvidos pode elucidar ambas as questões. Até porque, sei de alunos que publicaram, sem os devidos créditos, a "descoberta" do mecanismo como se fossem "seus".

Segundo estudos e práticas que pude fazer, demonstro em meus cursos) que a energia que o Reiki usa é uma canalização de Vyana, captada pelo coronário (rei), processada no Hui Yin do chakra básico (kundalini) e levada ao hara (mar de KI, ou CHI, prana) antes de ser transmitida pelas mãos.

Isso dá uma característica única ao Vyana (prana regulador dos outros), típica de trazer mesmo REI (fohat) ao KI (prana).

Entretanto, das 3 modalidades energéticas envolvidas, a KUNDALINI do muladhara é, claramente, a mais densa, quente e ativa. E dá seu "sabor" ao que é passado.

Uma iniciação Reiki só é possível através da abertura do nadi Chitrini pelo Raku (serpente, simbolo da iniciacao). É pelo sushuna que o Rei vai passar pra poder chegar do sahashara (coronario) ao muladhara (basico), antes de fluir apra o Hara e Mãoes.

Ou seja, em última análise, uma iniciação Reiki 1 envolve abertura de canais relacionados indiretamente com kundalini, em um nível que permite fluir energia para o físico.

Se a pessoa não trabalhava kundalini de forma intensa, ou seja, se não tem o vajra e sushumna abertos, sentirá, é claro, uma repercurssão devido ao começo de atividade kundalinica no canal sutil aberto (chitrini, que fica dentro do vajra, que fica dentro do sushumna, que fica dentro da para-coluna vertebral).

Esta energia é, sabidamente, quente. Portanto, alguém que nunca trabalhou com energias kundalinicas vai, quase que fatalmente, perceber alguma repercurssao durante alguns dias após a iniciação, com maior sensibilidade, e sensação de CALOR na palma das mãos. É este o motivo por detrás do "expurgo", particularmente mais importante (fisicamente) após o Reiki 1.

A energia ativada, após algum tempo (de semanas a anos, dependendo da pessoa) passa a ser natural, equilibrada, espalhada por todo o corpo. E assim, a sensação de calor na palma das mãos começa a "desaparecer", uma vez que o fluxo kundalinico e prânico começa a
ser natural em todo o corpo da pessoa.

A "energia" do Reiki (sintonização) continua lá, contudo.

Notem também que em iniciações 2, 3 e 3B, apesar do alcance ser mais
forte, a energia em si fica mais sutil. Logo, o efeito de "quente" pode não mais ser notado. Como o objetivo dessas fases não é o físico, há muito mais coisas a se notar. Entretanto, elas são (ou deveriam ser) mais energéticas, espirituais e evolutivas do que meros fenomenos prânicos ou para-normais.

Lázaro Freire

---------------------------------------
OBS: Para uma melhor compreensão dos termos orientais usados nessa mensagem, consulte o GLOSSÁRIO DE TERMOS PROJETIVOS E UNIVERSALISTAS DA LISTA VOADORES, em:
http://www.voadores.com.br/site/geral.php?txt_funcao=glossario
http://www.ippb.org.br/modules.php?op=modload&name=News&file=article&sid=2334
---------------------------------------

MALKHUT - Lista auxiliar do sistema VOADORES
Alquimia Interior, Tantrismo, Ocultismo, Magia
Cabalah, Tarot, Radiestesia, ReiKi e assuntos
Não deixe de ler o histórico das msgs anteriores:
http://groups.yahoo.com/messages/malkhut

--
Lázaro Freire
lazarofreire@voadores.com.br


Deixe seu comentário

Seu nome:
Seu e-mail:
Mensagem:

 
Atenção: Sua mensagem será enviada à lista Voadores, onde após passar pela análise dos moderadores poderá ser entregue a todos os assinantes da lista além de permanecer disponível para consulta on-line.































Voltar Topo Enviar por e-mail Imprimir