12 de dezembro de 2018
                 
     
                         
Lázaro Freire, Acid0 e Lobão na MTV: Daime é droga ou religião?
Psicanálise Transdisciplinar em SP com Lázaro Freire
Seja um colaborador ativo da Voadores!
Cursos e palestras da Voadores em sua cidade
Mensagem de Wagner Borges
Mais novidades

 
  

Colunas

>> Colunistas > Lázaro Freire

* Toques Espiritualistas - Resumindo o que a vida me ensinou
Publicado em: 05 de setembro de 2006, 16:26:56  -  Lido 3567 vez(es)



1. Sair do corpo é relativamente fácil. Só que tudo na vida é uma questão de sintonia - você está onde seu coração está. Você vai sair. Mas... Para onde você vai?

2. Sim, as técnicas energéticas que você faz esporadicamente movimentam verdadeiras luzes. E o muladhara (chakra básico) é o primeiro a ser ativado por quem vive na Terra e para a Terra. Porém, acender (e apagar) - não é o mesmo que ascender. Aprenda a diferença entre luz e brilho - a não ser que seu conceito de evolução seja se tornar um vaga-lume. A lâmpada sobre sua cabeça não é Mestra de ninguém...

3. Há uma inteligência na mente, manifestando-se pela razão. Mas há outra no coração, manifestando-se pela intuição. Tente adivinhar qual fará mais diferença para a sua felicidade e brilho... E observe se é essa a que você escuta mais. Quem dá o voto de Minerva? E quem permite isso? Você é livre para escolher - mas não venha se queixar de infelicidade depois...

4. Ter lucidez é fácil. Há técnicas, e tendências pessoais. Mas isso não significa que você estará solto e vibrando elevado. Tente adivinhar o que acontece se sua mente está lúcida e acordada, mas sua energia e emoções, pesadas demais para que seu psicossoma (corpo astral) possa se mover? Você continua livre para escolher - mas não reclame tanto da catalepsia projetiva, então...

5. Se você não gostar de sua própria companhia, sozinho, como poderá exigir do Deus do Amor que alguém mais consiga estar com você? Como quer para quem ama uma companhia que nem você suporta? E dê um palpite: Você acha que saindo do corpo, para fugir de problemas ou solidão, aumenta ou diminui este fator? Se quem te vê fora do corpo pode facilmente saber o estado de sua alma, espírito e emoções, você acha que mais atrairá ou mais afastará as consciências? Por precaução, seja agradável primeiro aqui no físico. É mais fácil, e as pessoas não vão te ver tanto por dentro. Sorte sua. Pratique direitinho, e será luz - dentro e fora do corpo.

6. Pensando bem, as pessoas deveriam sim pagar "dízimos"... Mas não em dinheiro. O mundo seria bem melhor se tivéssemos o compromisso conosco mesmo de repassar, gratuitamente, pelo menos 10% dos sentimentos, energias, recursos e conhecimentos que recebemos deforma tão facilitada... Faça um favor ao mundo: Passe a desperdiçar "apenas" 90% daquilo que sempre buscou e hoje tem sem nem dar tanto valor. E já que não vai aplicar nem 10% para si, pelo menos passe para os outros! Concorda? Então porque não o faz ainda?

7. "Amor não é só algo que se sente... Mas, acima de tudo, algo que se constrói!!!" (autor desconhecido)

8. Cuidado com sua energia nos relacionamentos românticos. Se você está em maior sintonia, é natural que sinta mais sincronicidade com todos à sua volta, o que inclui também consciências do sexo oposto(ou do mesmo, se for isto que mais lhe agradar). Entretanto, se no primeiro sintoma você se fechar para o mundo, romantizar, possuir e sexualizar tudo, nunca chegará a sentir isso com 100 pessoas. Atingir o "amor universal", então, nem pensar. Já pensou que Cristo e Krishna deveriam sentir este tesão e amor, síncrono e responsável, por TODA A HUMANIDADE??? Já pensou que amor universal não é fugir do amor a dois e ter relações superficiais e "amigas" com muitos, mas sim ter um relacionamento profundo para com toda a humanidade? Como fazer isso fugindo do próximo, ou se fechando ao 2 ou 100 por causa de um? O amor universal não assina embaixo das distorções que fazem dele...

9. Entretanto, quando tiver um relacionamento romântico, que seja comum dentre os 100 com que houver sincronicidade, e que seja inteiro e responsável, sim. Apenas não deixe a recíproca se tornar verdadeira. Todo relacionamento verdadeiro e evolutivo, único, nascerá da sincronicidade, mas nem toda sincronicidade precisa ser um relacionamento romântico exclusivista. Pense nisso e veja seu amor pelo mundo crescer - até estar pronto para poder amar também uma pessoa.

10. Passear, namorar e viajar é muito bom, justo e necessário. Mas as pessoas costumam fazer isso em fins de semana e férias! E no meio do tempo, se dedicar a estudo e/ou trabalho, até para poder usufruir mais os seus passeios, ou compreender melhor o mundo que encontrar em suas viagens. Se é assim no corpo, porque insistir tanto apenas em "turismos extra-físicos" ou "poderes paranormais" sem o discernimento para utilizá-los? Divirta-se, mas trabalhe e estude, dentro e fora do corpo - e verá seus potenciais aumentarem. Então, paradoxal e logicamente, aumentará também sua liberdade de passeios ou compartilhamento com os que ama. Dentro ou fora do corpo.

11. Se você passar a vida inteira longe do mundo, imerso na espiritualidade, buscando a iluminação para não mais precisar voltar... Pode ser que quando chegar lá, descubra que já viveu aqui o que precisaria ser vivido lá. Neste caso, ao achar que conseguiu se livrar da roda de samsara (ciclo reencarnatório), você poderá precisar voltar... Pode ter faltado viver o daqui.

12. Se você for bom, iluminado e pacifico; e permitir sempre tudo em nome da serenidade... pode permitir também que te tirem de seu caminho! Se você ficar eternamente com quem não cresce e não te faz nem te deixa crescer... pode estar permitindo que quem poderia crescer com você nunca te encontre. Ao "chegar lá" buscando os louros por não ter feito o mal, e ter sido bom, pode ser que escute que "ser bom não é o mesmo que ser bobo", ou talvez que "nunca dissemos que ser resignado fosse sinônimo de ser acomodado", ou talvez ainda o mais doloroso: você "era responsável não apenas pelo mal que tenha feito na Terra, mas também pelo bem que, podendo, deixou de fazer".

13. Campeões de ciclismo não vencem as provas usando rodinhas de apoio nas bicicletas. Entretanto, se nunca tivessem usado rodinhas um dia, jamais aprenderiam a andar sozinhos - e muito menos a vencer. Você precisa da benção das rodinhas e do ego, senão cairá e desistirá antes de aprender a vencer as corridas da vida. Mas haverá um ponto em que terá que deixá-las, progressivamente, para trás - mesmo correndo o risco de alguns tombinhos menores. Qual este ponto? Bem, alguma coisa você precisa descobrir sozinho!!! Mas posso adiantar que este ponto pode muda em cada dia e situação. Ninguém disse que evoluir era fácil ou indolor. Mas vale a pena.

14. Errar é certo e natural. Mas acertar também. Qual dos dois você tenta fazer mais?

15. "Valorize suas limitações, e por certo não se livrará delas."(Richard Bach)

16. O poder dos mantras não são orientais - tanto que cristãos repetem Amém, e o nome de Jesus, essencialmente mantras. O poder da prece não é ocidental - tanto que hindus repetem o gayatri e o mrith, essencialmente preces. Tenha mente livre, e use a seu favor o melhor de cada conhecimento e técnica. Nenhum preso em sã consciência recusa a liberdade. Porque escolher um lado, se é mais fácil e menos dividido ser o Todo?

17. Se microscópios captassem a luz do prana que alimenta cada célula, complexos celulares e átomos de nosso corpo; você veria que estes não possuem diferença alguma das galáxias, nebulosas e sistemas solares captados pelos telescópios mais potentes. Porque você procura tão longe aquilo que já carrega dentro de si?

18. Busque Deus nos céus e no infinito distante, e mais cedo ou mais tarde se encontrará com o seu próprio EU. Busque Deus dentro de você, e mais cedo ou mais tarde se encontrará com todo o universo. Brahman (o Todo) nunca foi apenas o microcosmo ou o macrocosmo, nem apenas o Eu ou o Divino Celestial distante - mas sempre esteve em todos. Você continua livre para escolher - e todos os caminhos levarão à união. Porém, pode ser que um dos caminhos esteja mais próximo e acessível do que buscá-lo no infinito longínquo.

19. "Se Deus não houvesse criado o átomo, núcleos e partículas com o mesmíssimo esmero, detalhes e leis com que criou as galáxias e sistemas solares, todo o universo grandioso desabaria. " (Yogananda). Me dê então dez bons motivos para se achar pequeno, limitado ou esquecido por Deus?

20. A luz divina vela por todos aqueles que estão nos umbrais do plano astral, e também pelos que se prendem nos umbrais de seus próprios corações. Não há desconsolado sem consolo. O sol nunca pede atestado de bons antecedentes para escolher quem vai iluminar com seu amor e energia -apenas garante que por mais escura e fria que seja a "noite", sempre haverá uma nova manhã à seguir. Se até o criminoso recebe a luz divina, porque acha que Deus está te julgando tanto? Me dê, portanto, só cinco bons motivos para se achar pequeno, limitado ou esquecido por Deus?

21. A onda não é menos oceano que o próprio mar. Onde começa um, e termina o outro? Qual a natureza da onda local e temporária, senão ser o próprio oceano manifestado? Você é uma gota d'água do mar de Deus. O oceano não existiria sem as gotas d'águas, e ele não é nada mais do que trilhões destas pequenas gotas unidas. O oceano é gota, e Deus é você. Se você sabe que é a onda do mar de Brahman, nele se funde, sempre foi ele e ele você, dele saiu e a ele retorna, como poderá me dar ao menos UM bom motivo para se achar pequeno, limitado ou esquecido por Deus?

22. "Conhecimento não é sabedoria. Estudar assuntos elevados não é omesmo que estar elevado. Desenvolvimento parapsíquico não é o mesmo que desenvolvimento espiritual. Por que você confunde tanto os meios com os fins?" (Wagner Borges)

23. Mesmo com a garantia de um Cristo, Pedro temeu andar sobre as ondas. Mesmo após dar dois passos e comprovar a magia e os milagres, desafiar a lógica e ter duas provas, ele preferiu duvidar do terceiro passo, mais longe do barco - mesmo sabendo que seriam passos em direção daquele que permitia os milagres acontecerem. E após os dois passos mágicos, que eram suficientes para andar por sobre todo o mar, ele preferiu afundar, por não ter shraddha (fé inabalável). Você diz que faria melhor perante um Deus Vivo do que Pedro. Então porque você faz isso todos os dias, perante o Deus Vivo de seu coração? Ao notar os milagres e "coincidências" menores, a andar por sobre as águas, porquê exige sempre o terceiro milagre? Duas sincronicidades aparentemente impossíveis já não são suficientes para lhe provar que a "lógica" foi quebrada, e que você caminha por força de algo maior?Porque duvida da intuição e magia exatamente nos momentos em que ela mais lhe prova estar funcionando? Você é livre para duvidar daquilo que JÁ ESTÁ fazendo - mas não reclame se afundar.

24. "Não se preocupe em preservar estas canções. E se um de nossos instrumentos quebrar... Não importa! Caímos no lugar onde tudo é música. " (Rumi, poeta sufi, séc XIII)

25. Vulcões permitem a atmosfera e a vida na Terra. Mas os moradores de Pompéia e Herculano não gostaram muito de um, por acreditarem demais na tragédia, no fim e no tempo. Tudo é bom e mal, e, por isso, nada é bom ou mal. Bem e mal são relativos (embora o karma seja absoluto). Quando compreender isto de fato, você estará além da transitoriedade. E do fim. E dos "fins".

26. "A marca de sua ignorância é a profundidade de sua crença na injustiça e na tragédia. O que a lagarta chama de fim do mundo, o mestre chama de borboleta. " (Richard Bach).

27. Há técnicas simples para a clarividência e lucidez extra-física. Por que será que normalmente aqueles que mais querem a clarividência e lucidez são justamente aqueles que não fizeram regularmente as práticas?

28. Você não gostaria que o banco fizesse o saque em seu cartão sem lhe pedir uma confirmação. Então porque só queremos as coisas, pessoas, mestres, amores e técnicas enquanto não as encontramos, e desistimos logo que as temos em mãos - e descobrimos que precisamos sempre confirmar nossos DESEJOS com nossas ATITUDES, e então tudo nos será dado? Como podemos, mesmo sabendo de nossa instabilidade, não ver nisso uma segurança divina em nosso próprio benefício, para que nossa riqueza infinita não seja sacada contra nossa vontade? Todos os dons já estão em você. Confirme a transação de tê-los à mão, com suas atitudes pessoais e intransferíveis - o gerente não entregará o recurso do cliente milionário sem uma assinatura ou senha, e a devida CONFIRMAÇÃO. Ainda bem que Deus é mais sábio do que o julgamos com nossos interesses mesquinhos, preguiçosos e imediatistas...

29. Há um fluxo divino em tudo. Se há energia construindo tudo, acreditar que a mesma está desordenada seria menosprezar demais o Criador. Se é capaz de compreender que tudo na natureza tem um fluxo, um tempo e uma direção, e que o destino dos rios é sempre o oceano infinito, porque insiste tanto em nadar contra a correnteza, ou se agarrar no lodo e lama do fundo? Se já sabe que o plano divino é perfeito, já não deveria saber também que "Tudo dá sempre certo no final, e se algo parece não ter dado, é simplesmente porque ainda não terminou"? Não é melhor parar de lutar contra o que é apenas a natureza em ação?

30. Enquanto você acreditar que seu corpo tem um espírito, não conseguirá notar que, em verdade, é seu espírito que tem um corpo. Enquanto seu Deus for maior que você, não poderá ser uno com você. Enquanto separar Deus de você, não poderá encontrá-lo dentro de si. Se ao se fundir com a divindade, tiver "a graça" de encontrá-la em pessoa à sua frente, faça como Ramakrishna e Buda: mate-a! Busque Deus, mas ao se encontrar com Deus, destrua-o. E além d'Ele, o encontrará. Se você "o viu", ainda será uma manifestação, e portanto não será ainda parte de você, nem você dele. É tudo uno no universo, e se algo é real, este algo é apenas o Todo. E este não pode ser personificado!!!

31. Se sabe que Deus está em você, deveria ter aprendido que está também no outro. E se você é o todo - mas seu próximo também, você e o outro são Deus, e são todos um só. Se A=C, e B=C, como não nota que A e B são os mesmos? Uma criança de colégio pode entender isto mais facilmente que você? Então quando você se fará como criança para poder passar de ano e entrar nos "reinos dos céus"? Por melhor que sejam os jardins e os colegas de nossa escola, já não é tempo deparar de usar isto como desculpa para voltar a repetir sempre de ano nas mesmas classes reencarnatórias? Faça bem as suas provas, saia da escola, e você sempre poderá voltar para visitá-los... Ou até se tornar um professor, se gostar tanto assim do ambiente acadêmico.

32. Se entende que você e o outro são Deus, aprendeu que só há uma única consciência no universo. Se tudo é UM, se somos todos um só, porque insiste tanto em usar a palavra "coincidência"? O oceano é o mesmo que a gota d'água que o compõe... Mas só se a gota não se separar dele. Acredite na união, e ela será você.

33. A mente deve se submeter ao coração, e não o contrário.

34. "Só se vê bem pelos olhos do coração. O essencial é invisível aos olhos. " (Saint Exuperi, in "Pequeno Príncipe", séc. XX)

35. "O inefável é invisível aos olhos físicos, mas é visível à inteligência e ao coração." (Hermes de Trimegisto, Antigo Egito, in "Corpus Hermeticus", tratados de magia, antes de Cristo.

36. Para se sair do corpo, basta ter entrado em um antes. Porém, mais importante do que sair do corpo, é conseguir viver bem dentro de um. " (Wagner Borges). Afinal, é para isso mesmo que você está aqui. Mas isso não significa que você não tenha direito a liberdades condicionais, nem que você não possa usá-las para crescer e diminuir sua pena.

37. Nem sempre perseverando, acreditando e tendo atitudes você conseguirá tudo o que quer. Porém, note que todos aqueles que conseguiram tudo o que queriam souberam acreditar, perseverar e atuar. Na dúvida, atue! Você não tem nada a perder mesmo... E é a única forma de começar a ganhar.

38. "A alma não nasce nem morre, apenas entra e sai de corpos perecíveis. Você sempre existiu e existirá" (Krishna). Porque então você usa tanto a palavra fim?

39. "A casa de meu pai tem muitas moradas" (Jesus). Porque então você usa tanto as palavras "distância e separação"?

40. Você diz que alguém está possuído de ódio, tomado pelo mal, fora de si de raiva, obsediada pelas negatividades, tomada por forças ocultas. Até sua justiça humana compreende que em certas circunstâncias, o mal pode invadir, e a pessoa não responder plenamente por seus atos. Já que você personifica até mesmo o mal, e compreende sua invasão consciencial, porquê nunca foi capaz de entender que o AMOR não é um sentimento, mas sim um SER INTELIGENTE, que invade, possui, te conduz e te tira de si?

41. Não resisto à pergunta: Se você é o dono de sua consciência... E se já tem a experiência e compreensão de que o mal pode ser um "ser", mas não tem a mesma experiência com o amor, e ainda o chama de sentimento, circunstância, coincidência, prêmio ou "sincronicidade" - e não vê no AMOR uma força muito mais inteligente que você e sua razão... Bem, qual dos dois será que você está convidando mais para te invadir e possuir - se um dos dois você nem consegue compreender como SER, mas o outro você já consegue tê-lo assim, digamos, "tão íntimo"?

42. "Deus é AMOR" (Jesus). "Se A=B então B=A" (minha professora primária). É tão simples que alguém tão grande e atarefado quanto você não pode compreender, mas uma criança sim? Então talvez sua humanidade precise de um Mestre que lhe diga que "se você não se fizer como uma criança", não conseguirá passar de ano. O certo é simples e o simples é certo. Medite.

43. Quem enxerga bem de longe, mas não vê um palmo na frente do nariz, possui hipermetropia. Será que estamos precisando todos de oftalmologistas espirituais? Quisera fossemos míopes, pelo menos não daríamos tantas topadas no caminho!

44. Não adianta pedir por óculos enquanto você, feito criança desequilibrada, os quebrar em seus acessos de raiva e loucura. De que adianta pedir Mestres se, por serem grandiosos e distantes do que você acha que consegue, você flecha um Krishna e crucifica um Cristo?Pede então menores, disfarçados e mais perto de você, mas a estes você nem escuta, apenas critica. Neste caso, pode ser que você precise de armações grossas de acrílico, incômodas, amarradas à sua orelha. Ah, sim, e talvez de algumas religiões, dogmas, fanatismos e crenças também - pelo mesmo motivo. Paciência - pelo menos ainda é melhor do que não enxergar.

45. Enquanto você procurar ansiosamente pelo caminho, não estará no caminho. Mas não desanime: Depois disso você reclamará que nenhum caminho lhe serve, e que você nunca acha seu lugar! Neste momento, anime-se: pode ser que esteja enfim começando a entrar no caminho. Sim, você entendeu o paradoxo: No único caminho existente, não há mais o caminho, pois você e ele, trajeto e percurso, se tornam um só. E então você se perguntará porque buscar tanto no espaço o que existe no átomo, ou buscar tanto no átomo aquilo que pode ver sobre sua cabeça nas noites de luar. Porque buscar tão longe aquilo que já carrega dentro de você?

46. "Aprender é descobrir aquilo que já se sabe. Fazer é demonstrar que você o sabe. Ensinar é lembrar aos outros que eles sabem tanto quanto você. Somos todos aprendizes, fazedores, professores. Você ensina melhor o que mais precisa aprender. " (Richard Bach) Isto parecerá ainda mais simples e lógico quando você quiser realmente compreender que SOMOS TODOS UM SÓ.

47. "Vivi tantas vezes a fantasia de ser professor, que não sabia mais onde terminava a aula que eu dava, ou onde começava a minha realidade. Eu era feliz de qualquer jeito." (Paulo Freire)

48. Paraíso e inferno são "portáteis" - você pode carregá-los inteiros dentro de seu coração. (Wagner Borges).

49. "Você procura tanto as relações (e conhecimentos, e técnicas, e amores, e mestres) 5 estrelas... Porém, a maioria pode viver muito bem sem o máximo, e os poucos que o conseguiram tem em comum o fato de terem antes se permitido viver muito bem os de 1 estrela. (Roberto Shiniashiki)"... Já reparou que o que o conduziu àqueles que você inveja é exatamente aquilo e aqueles que você recusa - mesmo sabendo que poderia te fazer melhor e te alavancar para muito mais? E isto apenas por não satisfazer os padrões mesquinhos de "perfeição" que VOCÊ cria como fuga? Por que será então que você diz que não chega lá, hein?

50. Você já sabe que quanto maior o arranha-céus que deseja construir, mais fundo será o alicerce que cavará em sentido contrário das alturas. E já sabe também que a kundalini que tantos querem no sahashara (coronário), elevando-os às imensidões sutis do céu, começa seu caminho no muladhara (básico), nas origens mais terrenas, densas e sexuais. Quando é que vai perceber que a raiz do lótus encontra-seno lodo, e mesmo assim ele flutua belo por sobre as águas? Quando é que vai aprender a ver que no que chama de sujo, Deus está presente?Quando vai compreender que se até o sagrado e o profano se unem, nem sempre descer dois degraus da escada para tirar a bola de ferro dos pés pode ser considerado "andar para trás"? Cave mais seus alicerce não reclame. Construa. Comprar imóveis vendo maquetes é muito bom, mas ninguém pode morar apenas nas plantas. Ame a construção em citando quanto ama o ideal, tanto quanto ama o projeto, tanto quanto ama o estado e conforto de um dia poder morar na cobertura. Aí então você deixará de ser um sem teto sonhador, e passará a ser o empreendedor divino que tanto quis. Seus prédios então se erguerão, um após o outro. Pode ser então que você descubra agradavelmente que tantas plantas e folhetos de prédios colecionou - sem nunca ter a felicidade de morar neles - tinham outra utilidade bem melhor do que apenas proteger a sua cabeça, outrora desabrigada, da chuva noturna e seus raios.

51. Tudo que escrevi e ensinei pode estar errado. Mas isto inclui também esta frase. Na dúvida, que tal começar a aprender a usar o SEU discernimento? Você não tem outra escolha mesmo...

52. Siga o fluxo. Seja feliz acima de tudo. Escute o coração. Deixe o amor te invadir. Viva bem "no" corpo, e não "para" o corpo. Ame aprender a tocar e praticar seus instrumentos tanto quanto amaria estar já compondo sinfonias. Cobre-se menos, mas faça mais. Aprenda que Mestre não é aquele que nunca cai, mas sim o que aprendeu a se levantar - e a seguir. Compartilhe. Caminhe. E verá que a união está muito mais próxima do que imaginava. No corpo ou fora do corpo. E quando for igual aqui e lá, você não precisará mais de um corpo, pois saberá que sempre esteve em tudo e todos.

53. Somos todos um só!

Lázaro Freire
(e você, e Brahman...)
(em conjunto com uma consciência aparentemente extrafísica que não me deixou viajar enquanto não formatasse e colocasse no papel as idéias que compartilhava comigo, "sacações" conjuntas de vida ou vidas, com o "simpático" argumento de que nunca sabemos se voltaremos de viagem pare escrever depois)

--
Lázaro Freire
lazarofreire@voadores.com.br


Deixe seu comentário

Seu nome:
Seu e-mail:
Mensagem:

 
Atenção: Sua mensagem será enviada à lista Voadores, onde após passar pela análise dos moderadores poderá ser entregue a todos os assinantes da lista além de permanecer disponível para consulta on-line.































Voltar Topo Enviar por e-mail Imprimir