21 de maio de 2019
                 
     
                         
Lázaro Freire, Acid0 e Lobão na MTV: Daime é droga ou religião?
Psicanálise Transdisciplinar em SP com Lázaro Freire
Seja um colaborador ativo da Voadores!
Cursos e palestras da Voadores em sua cidade
Mensagem de Wagner Borges
Mais novidades

 
  

Colunas

>> Colunistas > Benedicto Cohen (Bene)

RELATO e técnica (projeção com meu pai)
Publicado em: 04 de setembro de 2006, 16:26:51  -  Lido 2709 vez(es)



Este é o relato puramente descritivo de uma projeção que começou com pouca lucidez, como se fosse um sonho, comigo e meu pai (que é vivo e mora no Rio de Janeiro) entrando numa pequena parada rodoviária, na entrada de alguma cidadezinha.

Num dado momento, meu pai comentou alguma coisa estranha que estava ocorrendo, e eu disse: "Olha, pai, o que está acontecendo é que vc, nós dois, estamos projetados... "

Ao dizer estas palavras, eu mesmo tomei clara consciência do fato de estar projetado, passando a investigar o local com muito mais atenção, com lúcida curiosidade 'profissional', chegando até a passar os dedos sobre a superfície das coisas - paredes, objetos, tecido da minha roupa e até a face do meu pai - para sentir-lhes a textura.

E depois de mais algumas experiências, decidi me teletransportar para algum outro lugar, levando meu pai, para continuar minhas demonstrações.

Neste ponto, olhei para o céu, que estava magnífico, e pensei: "Ora, estou projetado, por que deixar por menos? Posso ir para aquelas estrelas, lá em cima"....

Nessa hora, alguma parte dentro de mim falou: "Não faça isso, que vc vai ser puxado de volta..." E realmente, no momento seguinte, antes que eu pudesse sequer pensar, já me vi por aqui mesmo, acordado, na cama.

Pensei em tentar voltar para a projeção, mas por outro lado queria muito fazer umas anotações sobre os resultados das minhas tentativas de imprimir impressões digitais numa vidraça astral, que eu fizera durante aquela projeção.

Resultados estes que depois acabei achando não tão importantes assim, aqui no físico (risos)...

=============

Técnica usada para induzir eventuais projeções, na noite anterior: Pouco antes de deitar, fui fisicamente até um corredorzinho que fica na saída do meu quarto e lá, me posicionando de pé e olhando para o teto, instruí mentalmente meu corpo astral a sair por ali, mais tarde.

Ao deitar, imaginei que naquele momento meu corpo astral saía e se dirigia para aquele local, onde o deixei imaginariamente de plantão. Depois deixei o sono vir normalmente.

============
Uma dica:
Ao decidir o local por onde o corpo astral sairá pelo teto, tenha o cuidado de escolher um ponto onde não existam interferências, nos andares de cima.
(em casas isto é evidentemente mais fácil do que em prédios).

Corpos físicos de pessoas adormecidas e alguns materiais, como fios elétricos, camadas de terra e até campos de força ou de proteção criados por outras pessoas podem dificultar a passagem do corpo astral.

No meu caso, o tal corredor é um lugar que se repete em todos os andares de cima do prédio, e que por não caber móveis nem nada, parece ser uma 'passagem' para o alto, razoavelmente livre de interferências.

==============

Bene


--
Benedicto Cohen (Bene)
beneluxbr@yahoo.com.br


Deixe seu comentário

Seu nome:
Seu e-mail:
Mensagem:

 
Atenção: Sua mensagem será enviada à lista Voadores, onde após passar pela análise dos moderadores poderá ser entregue a todos os assinantes da lista além de permanecer disponível para consulta on-line.































Voltar Topo Enviar por e-mail Imprimir