VOADORES.COM.BR » Colunas


>> Colunistas >

EXERCÍCIO: Diálogo Interno
Publicado em: 04 de setembro de 2006, 16:27:47  -  Lido 6387 vez(es)

O diálogo interno (aquela interminável conversa consigo mesmo ou com outras 'entidades', dentro da cabeça) é que prende a pessoa nesta 'realidade' (maya), ou nesta 'primeira atenção'.

Para fazer jornadas etéricas ou astrais conscientes a pessoa precisa conhecer algum método para parar o diálogo interno.

Além do tradicional exercício do Castaneda e da famosa 'Explosão Abre-Chacra', existe ainda este, super fácil, que aprendi num texto de Bob Peterson (projetor).

Mas descarto o conselho que ele dá, de ' tentar aumentar cada vez mais o tempo de mente desligada'.

É importante que vc não tente contar o tempo, pois vai acabar 'cronometrando mentalmente" e isto é pensar. E esta competição consigo mesmo em busca de um recorde maior também vai ser um diálogo interno, mesmo que seja um 'diálogo mudo'.

Assim, o período de tempo não importa - longo, breve, brevíssimo - desde que seja impecável, em termos de 'mente em branco'.

Lá vai.

* * *

A idéia é criar um estado igual àquele em que vc viu um raio cair e ai vc "pára", suspenso, espinha ereta, esperando para ouvir o trovão.

(Nestas ocasiões, vc provavelmente parou de pensar e ficou atento, ouvindo. E interrompeu o diálogo interno por alguns segundos.)

É um momento que também acontece na música clássica, chamado "pausa grávida" - aquele momento de silêncio absoluto, em que o maestro está com a batuta parada no ar, todos os intrumentos estão preparados, e quem ouve está atento, esperando a música entrar.

Bem, como exercício, imagine que algum som - campaínha, telefone, trovão - ocorrerá em breve, e então fique atento, à escuta e à espera dele. Se vc conseguir simular direito, vc interromperá o processo mental (e o diálogo interno) por algum tempo.

* * *

--



Voadores.com.br - Somos Todos Um Só!