VOADORES.COM.BR » Colunas


>> Colunistas >

RELATO: Benezinho Cabeça Dura (ou "Minha Primeira Projeção")
Publicado em: 04 de setembro de 2006, 15:37:48  -  Lido 6399 vez(es)

Engraçado como são as coisas...

Estive lendo recentemente que uma boa paulada na cabeça pode causar uma projeção
instantânea, inclusive com direito a posterior rememoração...

E tem um caso que aconteceu comigo há muitos anos (quase meio século, para falar
a verdade...) e só hoje é que caiu a ficha...

Foi o seguinte:

Eu tinha cinco anos e estava no carro do meu pai (um Austin 1954, zerinho),
sentado no colo dele, mas era um amigo de meu pai quem estava dirigindo. De
repente, uma tremenda porrada, eu bati com a cabeça no painel, meu pai quebrou o
nariz na minha cabeça e eu apaguei.

Recuperei a consciência, horas (?) depois, num quarto de hospital, na penumbra,
onde uma médica ou enfermeira me mostrava um caminhãozinho de brinquedo,
perguntando: "Você sabe o que é isto?",
provavelmente para ver se eu ainda estava com os miolos no lugar.

Até aí, a história é essa e fiquei até mais esperto com a porrada.

Mas acontece que há uma terceira cena que eu me lembro, dessa história toda:

Na cena, logo depois da batida, alguém está me levantando no ar e olhando para
mim, me sacudindo, e eu estou todo ensanguentado (sangue do nariz quebrado do
meu pai, coitado)

Naturalmente que de vez em quando me lembro dessas cenas, coisa e tal, mas só
hoje saquei um negócio, com relação à maneira como essas lembranças voltam à
minha cabeça: esta terceira cena, da sacudida no ar, eu sempre vi de FORA, como
se eu estivesse parado ali na calçada, olhando alguém socorrer um menino.

Sei não, mas talvez este relato devesse se chamar 'minha primeira projeção'...


Bene


--



Voadores.com.br - Somos Todos Um Só!